Untitled Document
Bom dia, 23 de fev
Untitled Document
Untitled Document
  
EcoAgência > Notícia
   
Saúde

Segunda-feira, 30 de Maio de 2022

 
     

"Superbactérias - A ameaça sanitária que se aproxima", confira a campanha do Idec

  

Devemos nos preocupar com isso, entre outras razões, porque utilização indiscriminada de antibióticos na produção animal industrial intensiva e no sistema de saúde tem desencadeado no aumento de bactérias resistentes aos antibióticos vigentes

  

Reprodução de arte do IDEC    


Por Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor

O atual modelo industrial de criação de animais para o consumo humano exige que uma grande quantidade de animais estejam aglomerados. Por isso, produtores adicionam antibióticos na ração antes mesmo dos animais ficarem doentes para acelerar a produção, promover o crescimento e evitar futuras infecções.

Esse modelo não só fere o bem-estar dos animais, mas está causando o desenvolvimento das superbactérias, bactérias resistentes a antibióticos. Ao entrar nos organismos dos animais, esses antibióticos produzem bactérias resistentes que se espalham no solo e nas plantas e chegam às pessoas não só através da carne, mas também através do consumo de água ou vegetais, por exemplo.

Além disso, o uso inadequado e excessivo de antibióticos como medicamento e a deficiência no controle de infecções hospitalares também vem ajudando na propagação dessas superbactérias. Ou seja, a proliferação das superbactérias tem diversas raízes. E deveríamos estar nos preocupando com isso.

O Idec sempre olhou com atenção para o uso correto de antibióticos, que são produtos fundamentais para garantir o acesso a tratamentos, mas que também devem ser preservados para que continuem funcionando. Já nos anos 2000, o Idec demandou maior controle na utilização de antimicrobianos na pecuária, contribuindo para ampliar a lista de antibióticos de uso restrito no campo. Em 2019, após um ano como observador, o Idec se juntou à Coalizão de Resistência a Antibióticos (ARC, em sua inglês). No mesmo ano, o Idec participou ativamente da campanha de defesa da Fundação do Remédio Popular - Furp, laboratório público paulista que produz penicilina benzatina, um antibiótico essencial e em falta em diversos lugares do mundo. E em 2021, o Idec se juntou à Proteção Animal Mundial para lançar seu primeiro documento de posição unificado sobre o tema, buscando fortalecer o engajamento da sociedade em torno do tema.

Por isso, o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, Idec, está promovendo a campanha "Superbactérias - A ameaça sanitária que se aproxima", através da qual disponibiliza informações completas sobre a situação global e no país. Para acessar o material clique aqui.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IDEC - EcoAgência

  
  
  
Untitled Document
Autorizada a reprodução, citando-se a fonte.
 
Mais Lidas
  
Untitled Document
 
 
 
  
  
  Untitled Document
 
 
Portal do Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul - Todos os Direitos reservados - 2008